Livro: Antes que eu vá
|
O que você faria se pudesse reviver o último dia de sua vida? Em Antes que eu vá, primeiro romance de Lauren Oliver, a personagem Sam passa por essa experiência... sete vezes! Até compreender o mistério que envolve sua morte e o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.

Samantha Kingston faz parte do grupinho das populares do colégio, tem um namorado bastante cobiçado, a melhor vaga do estacionamento e uma vida perfeita. O dia 12 de fevereiro era pra ter sido totalmente mágico e especial para ela, mas um trágico acidente pós fim a sua vida. E quando ela acorda no dia seguinte percebe que está revivendo o de sua morte, ela está tendo uma segunda chance? Ela pode se salvar?

Esse livro superou todas as expectativas que eu tinha e que eram bastante altas devido aos inúmeros elogios à autora. Eu sempre que posso, evito ler as sinopses dos livros na esperança de ter uma surpresa que a capa não revelou e Lauren Oliver me surpreendeu com sua escrita cativante e sua criatividade ao escrever o mesmo dia sete vezes. A história conta um dia comum, sem nada de estranho, mas em nenhum momento se torna entediante. É bastante realista e nos faz refletir a respeito de nossas ações com o próximo, o tal do bullying.

“Se você ultrapassa um limite e nada acontece, o limite perde o sentido.”
Página 150

No decorrer dos dias, eu gostava e desgostava dos personagens por causa de suas atitudes, muitas vezes fúteis, mas depois que você conhece melhor cada um deles, percebe a profundidade da coisa. Eles têm seus próprios conflitos internos e segredos a guardar. E a humanização de Sam ao entender qual era sua missão me fez amar o final. Pois no começo ela ficava se perguntando o que ela tinha feito de errado pra merecer isso e a compreensão dela é essencial pro desfecho desta história.

O livro é dividido em apenas sete capítulos, que correspondem aos dias que Sam vive o Dia do Cupido. E sim, eles são extensos, mas acho que pensando nisso a autora dividiu os capítulos em partes, com direito a títulos e tudo mais.

A única coisa que me incomodou, e foi só uma coisa mesmo - porque o livro é perfeito da capa a contracapa -, foi o uso da palavra “ganir” pra expressar a felicidade dos personagens que até se tornou cômica em certas cenas, pois eu sempre imaginava um cachorrinho ganindo.

A editora Intrínseca está de parabéns por ter feito um trabalho ótimo nesse livro e no capricho dos brindes dos eventos que aconteceram, os namogramas não estavam lindos? Acho que todos deveriam ler "Antes que eu vá", principalmente aqueles que ainda estão no colégio, nunca é tarde demais pra rever suas atitudes... sempre haverá o amanhã. Leitura obrigatória.

Título: Antes que eu Vá
Autor: Lauren Oliver
Tradução: Rita Sussekind
Número de Páginas: 368
Edição: 1ª - 2011
Editora: Intrínseca
Preço: R$ 39,90
Classificação: ♥♥♥♥♥



12 comentários:

Miss Carbono disse...

Achei a história muito criativa mas, sinceramente, não imagino lendo o livro por saber que será várias desfechos em torno do mesmo dia, parece meio cansativo, sei lá.

Mas achei criativo, acho que, se houvesse um filme, eu assistiria =P

teh mais

Hérida Ruyz disse...

Eu quero muito ler esse livro. Mesmo sabendo que vou revisitar o mesmo dia 7 vezes, estou muito curiosa.
Bjs

@whosthanny disse...
@Miss Carbono Acho que se fosse um filme ficaria repetitivo. No livro não repete o dia inteiro ao pé da letra, como a protagonista faz coisas diferentes acontece outras coisas. Vale a pena ler.

Andresa V. Branco disse...

Fiquei com vontade de ler, a autora é realmente super bem comentada, parabens pela ótima resenha!

Andresa Vidal
www.inbookshelf.com

Aione Simões disse...

Dei risada com você falando que imaginou um cachorrinho ganindo rs...
O livro parece ser ótimo, apesar dos capítulos serem longos!
Quero demais ler!
Beijão!

Cá Farina disse...

Aiii eu sai do colegio ha pelo menos 11 anos ;( mas vou ver se tem pra ler no kindle. Adorei e adoro esses livros assim. =)

Luciana Mara disse...

Ei Thanny!

Quero ler este livro.
Acho que não vou crescer nunca...kkk
Os livros da Intrínseca são msm caprichados. Dá gosto de ler.

Bjins

Mariana disse...

Também vi muitos comentários sobre a autora e principalmente sobre o livro. No começo confesso que não me chamou muita a atenção a história, mas depois de ler as resenhas fiquei bastante curiosa para entender porque ela morre. Obrigada pela resenha, beeijos.

Lucas Magalhães disse...

Não consigo me decidir se leio ou não, a sinopse não me atrai, mas você disse que achava que eu ia gostar.
Aquela coisa do "somos todos carrascos" me atraiu bastante.

jenniferdlegal disse...

Nossa o mesmo dia repetido 7 vezes, agora fiquei curiosa, pois pela resenha voce gostou muito do livro, mas nao consigo imaginar como nao ficou chato!

@Jennifer13d

Juliana disse...

THANNY! Eu to morrendo de curiosidade pra ler esse livro *chora até inundar o quarto* -q
Assim que li a sinopse, pensei: Eu preciso agora, KD. E daí, agora com a sua resenha, as coisas só pioraram *olhar assassino* Não vejo a hora de colocar as mãos nele *-*

Beijão!!!
Ju
http://julianagiacobelli.com

Ceile disse...

Tinha me apaixonado pela capa, mas nem fazia ideia do que falava o livro (odeio sinopses), daí fui no encontro de lançamento em SP e vi que se eu tinha imaginado alguma coisa desse livro, tinha errado feio.

Mesmo falando de coisas que já passaram da minha época (kkkk)ainda acho mto importante abordar este assunto entre os jovens que estão na escola. Mas fico triste de ouvir gente falando de lição de moral. O pessoal já fica na defensiva...

Vou ler (um dia), mas não imediatemnte rs

Bjoos!

Deixe um comentário:

- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.
- Quer divulgar seu blog? Seja meu parceiro, entre em contato.
- Em breve retribuirei seu comentário.

Related Posts with Thumbnails