Rock in Rio de carne e osso: Dia do Pop e um pouco mais
|
Por Byzinha

HEHE. Nem falei pra Thanny que ia postar sobre isso, teoricamente era pra eu postar sobre Forever (Wolves of Mercy Falls 3), mas vai ficar pra próxima.

GENTE. EU. FUI. NO. DIA. DO. EXPERIMENTA. NO. ROCK. IN. RIO. Preciso compartilhar com vocês as maravilhas do dia de abertura. (esse post é MASSIVO, coragem porque vale a pena)

Bom, eu fui pro Rio by myself e fiquei na casa de uma das minhas leitoras, a Júlia, que não ia no show, então eu encontrei com outra leitora - a Mariana, lá perto da Cidade do Rock. Pra começar, a fila estava obviamente quilométrica, mas a gente deu um migué e foi por fora. Entramos na Cidade do Rock por volta das 16h e resolvemos que a gente ia nos brinquedos. Quando olhamos a fila da montanha russa:

Esse é o final (???) da fila, lá no Palco Sunset.

A gente falou: HAHAHA Não. Então a gente ficou e assistiu o final de Ed Motta (assista) e fomos passear na Rock Street - o que também não deu certo, porque estava LOTADO. Como a noite ia ser longa, a gente resolveu ir comer logo pra partir pro Palco Mundo e já que os restaurantes eram na frente do Sunset, deu pra ver um bocadinho de Sandra de Sá e Bebel Gilberto, que por sinal foi ÓTIMO. (assista inteiro aqui - segundo meu irmão, dá pra me ver, mas eu creio que não). Depois de "Olhos Coloridos", parti pro Mundo, porque afinal eu não tinha andado 7 horas de ônibus pra assistir o show de lá da roda gigante.

Consegui chegar BEM PERTO da grade lateral da direita e quando o show começou eu tava bem de frente pro telão. A abertura começou praticamente às 19h em ponto, com um video BELÍSSIMO de abertura e queima de fogos (assista) que encheu meus olhos de lágrimas. A mesma menina que tocou o sino em 2001 tocou esse ano, música tema e um video do Freddie Mercury + Queen no primeiro RIR cantando "Love of my Life". Então entrou o Milton Nascimento - visivelmente emocionado - com a orquestra sinfônica brasileira e cantou a mesma música (vou deixar de lado as reclamações por desafinação, porque já estão falando de mais disso por aí). Foi então que o Paralamas e Titãs entrou cantando "Óculos", que começou mostrando o video de 85 e partiu para eles no palco. Genial, fantástico, maravilhoso.

Se você quer saber minha opinião, os pontos altos do show do Paralamas com Titãs foram "Epitáfio" (que eu chorei meus olhos pra fora, maior nostálgico do mundo) e "Alagados", que é minha música preferida do Paralamas (também muita nostalgia). "Lourinha Bombril", com a Maria Gadú na hora pareceu um monte de barulho - o que provavelmente se deve ao fato de eu estar de frente pras caixas de som -, mas quando eu assisti pela tv deu pra ver que o audio tava bom. Sem contar "Comida", a primeira cutucada no assunto "corrupção no Brasil" no RIR 2011.





Primeiro #fail da noite: quando eles começaram a tocar "Meu Erro", eu inventei de ligar pra Juliana (Giacobelli, autora da Tocada). Não deu certo, obviamente, porque - de novo - eu tava do lado da caixa de som e não dava pra ouvir nada kkk

Ainda tem mais, heim?

Fim do Paralamas + Titãs, troca de palco e é aí que as coisas começaram a atrasar. Claudinha Leitte levou uns quarenta minutos pra montar o palco e fez um show de quase uma hora e meia - ou a gente sentiu assim - (quando eles tinha no máximo 1h10 pra cada artista, quer dizer - assista 1 | 2 | 3). Vou falar pra vocês, ninguém estava realmente empolgado pra ver ~~Claudia Leitte~~ no ~~~**Rock in Rio**~~~. Na verdade tava todo mundo morrendo de medo de ser pisoteado na hora do tal "Caranguejo" (que eu nem sabia da existência até uma das amigas da Mari falar em pânico do que se tratava). Consequência??? Melhor parte da noite, Claudinha foi altamente vaiada na hora que pediu pra gente incorporar a micareta e pular de um lado pro outro kkkkkk





Não me levem a mal, eu acho que a Claudia faz um ótimo live, é uma cantora super competente, mas vamos combinar que ela não tem NADA A VER com RIR e ninguém tava lá por ela. Sem contar que a gente não tinha nenhum fucking espaço para levantar os braços, imagina pular de um lado pro outro. Levou vaia lindamente SIM. Dizem por aí que ela até cantou "Dancing Days" e pra vocês verem o quanto eu tava prestando atenção, não lembro desse momento kkk Em compensação, to acordando com "Quero Mais" - ou seja lá qual for o nome dessa música - na cabeça desde sábado (y)

Quando acabou o show da Claudia Leitte, a garotada de 14 anos foi em polvorosa, porque significava o quê? O QUÊ??? Que a próxima era a lindíssima Katy Perry. Quando o palco da Claudinha foi finalmente desmontado e os pedações de doces que o palco da Katy é começaram a aparecer, a galera foi a loucura.

Não ria da baixa qualidade das fotos do César - meu celular

Foi nessa hora também que eu finalmente consegui chegar na grade e ter um lugar pra colocar minha mochila rs (no corredor dos seguranças e paramédicos, melhor esquema do mundo, devo ser a única pessoa que não reclamou de furtos). Katy também demorou para entrar, porque o palco dela tem 849841651684 esquemas para serem montados e tudo mais, mas seu show teve mais trocas de roupa que músicas. As dançarinas jogaram doces pro público antes da Katy subir no palco e tudo mais, foi divertido.

Bem... Não é novidade pra NINGUÉM que a Katy não aguenta cantar e dançar (o que é uma pena, de verdade), mas pra galerinha de 14 anos estava perfeito. Ela começou com "Teenage Dream", todo mundo cantando along, etc e imendou com "Waking Up in Vegas", que foi um dos pontos altos do show dela, assim como "ET" e "TGIF", quase no final. Mas pra mim, na minha sincera opinião, o melhor momento da Katy foi quando ela vestiu uma bandeira do Brasil brilhosa, pegou o violão e conversou com a gente antes de mandar "Thinking of You" acústico.

Ela falou "Brasil, vocês me esperaram por tanto tempo e eu os amo, é por isso que estou aqui. Eu quero cantar essa próxima música e dedicar aos brasileiros... e até pros argentinos." Pausa para algumas vaias de brimks "Não! Apenas amor. Porque vocês foram o único lugar no mundo que fizeram dessa música número 1, porque vocês a amam. E eu vou cantar pra vocês hoje, porque eu estou pensando em vocês. Sempre."





Nem preciso dizer que eu chorei MUUUUUUUUUUUITO, porque todo mundo que me conhece sabe é minha música preferida da Katy e eu choro todas as vezes que vejo o clipe (Kyle <3) e porque eu sou uma manteiga derretida. Inclusive eu estou reescutando esse video e chorando de novo. Você pode assistir o show completo aqui.

No final ela jogou chantili na galera e quem levou foram os fotógrafos kkkkkkkkkkk Dá pra ver no video, bem no fim mesmo, um deles com cara de paisagem cheio de creme e papel picado. Foi a hora que eu dei graças a Deus de não estar na direção do vento. Mas o lugarzinho que eu tava era o mais sacana, porque quando eles tacavam coisas pro público no braço, caía muito na frente. Quando eles usavam o canhão, ia para tipo MUITO atrás de mim, quer dizer.

Aí foi a hora do Elton John, a criançada foi pro fundo fazer qualquer outra coisa, os mais velhos tomaram posse e eu não desgrudei do meu lugarzinho na grade porque era precioso de mais. Olha, eu sou a prova viva de que o show do Elton é espetacular, um som IMPECÁVEL, musicalidade sensacional, mas pelo amor de Deus, a gente queria ver a Rihanna, ele não parava de cantar, alguém avisa???? Foi o que um cara no ônibus falou, o show dele é fantástico. Pra assistir sentado, curtindo a música e não quando você ta desesperado pela Rihanna. E OLHA. Ele fez um show de UMA HORA E MEIA, pqp (assista 1 | 2 | 3).

Eu sei que tem muita gente falando que o show dele foi o melhor do RIR, mas sinceramente? Foi UM dos. Show bom pra cacete mesmo foi do Coldplay. Quatro negos lá naquele palco enorme mandando um sonzaço que me que fez chorar DE MAIS! Mais que a Rihanna (já falo dela logo mais). Só eles, velho. Com os instrumentos deles e os vocais e cabou. Melhor show do Rock in Rio, fim de papo. (assista)

Então, depois de uma hora e meia assim:



E mais praticamente uma hora assim:



Esperando a Rihanna entrar, quando ela finalmente começou o show e eu não tinha: voz, lágrimas e energia pra curtir apropriadamente. Quando ela entrou com "Only Girl (In The World)" e a galera foi em menos polvorosa do que iria se ela tivesse entrado quarenta minutos antes, mas mesmo assim fazendo muito barulho e eu procurei o restinho de voz que eu tinha para cantar todas as músicas out fucking loud. E eu não chorei. Nem uma vez. Nem em "California King Bed" ou "Te Amo", que foram definitivamente os momentos mais emocionantes do show.



Só em "Umbrella", quando ela finalmente falou um pouquinho com a gente, que uma ou duas lágrimas saíram, mas nada mais que isso. Você pode assistir o show completo aqui. Dispensando o fato da demora, do cansaço e do vocal dela só ter engrenado mesmo depois da 4ª ou 5ª música (algo em torno de "Man Down"), valeu a pena ter esperado, ter viajado ~~7 horas de ônibus~~, ter me esprimido na grade, ter tirado fotos péssimas com o celular e ter superado o fato de que ela não trouxe a turnê completa pro Brasil. Porque ser uma das 100000 pessoas cantando "CKB" pra ela e vendo ela ficar visivelmente emocionada não tem preço.

Balanço do dia do Pop: 1) O melhor show foi, sem sombra de dúvidas, Paralamas + Titãs (que, se tivessem ido em outro dia, eu ficaria deprimida, porque eu realmente queria ver os caras); 2) Maior abundância de lágrimas, "Thinking of You"; 3) Maior fail: Claudia Leitte e sua corda do caranguejo. Voltei do Rio afogada em dívida, mas voltei feliz.

E um pouco mais...

O Rock in Rio já acabou e está rolando um reboliço no site do Multishow porque eles não vão reprisar VÁRIOS shows que a galera quer ver (ajuda a reclamar aí gente!).

Na minha opinião, o melhor show internacional - como eu disse - foi do Coldplay (e na dos leitores do O Globo) e o melhor nacional foi Skank (assista), praticamente empatado com Capital Inicial (assista). Olha, eu sempre tive e sempre vou ter uma crush no Dinho Ouro Preto, viu. Foi lindo ele falando do pessoal na grade, mostrando pros organizadores tudo que a gente reclamou no dia anterior (água, ser esmagado, etc). Das mulheres internacionais, a melhor foi Joss Stone porque ela é fantástica e fim de papo (assista). Nacionais, inevitavelmente Ivete Sangalo (empatadinha com Sandra de Sá e apesar do fato de eu não ter assistido Pitty porque esse cd novo dela me irrita amargamente), porque Ivete sim sabe o que é dar show (assista 1 | 2 | 3 | 4 | 5).

Para quem não sabe, o RIR 2013 foi confirmado e vai ter menos 15mil pessoas por dia, porque, como retratado lá em cima, a movimentação pela Cidade do Rock era quite IMPOSSÍVEL, então é melhor você garantir seu RIR Club logo, assim como eu também tenho que fazer. E da próxima vez eu vou em mais de um dia. Se pá todos os dias, nem que seja só pra curtir a Cidade do Rock e a cidade do Rio de Janeiro um pouco melhor. E vou dizer para vocês, o Rio de Janeiro ta superlindo! O investimento está rendendo frutos e tudo está novinho. Alguns ônibus até têm tv!

Quer dizer, sempre tem seus contras (a. voltei pra casa pensando em "x" e levou um tempo até eu voltar a pensar em "s" de novo; b. nunca vou me acostumar a cumprimentar as pessoas com dois beijos no rosto; c. andar de ônibus circular é uma aventura brusca), mas os prós estão pesando mais, viu? Rock in Rio mudou minha visão do Rio. Vale a pena.

Até a próxima ^^
B



8 comentários:

@whosthanny disse...

Olha só, o que vejo por aqui! HAHAHAHA Amei o post, por isso tá perdoada por não ter se segurado porque estou passando por isso right now.

Em partes... yaaay! Mega cobertura! Eu imaginei que com o tanto de gente que tava na cidade do rock, não dava pra fazer muito coisa sem ter que enfrentar fila. Não teve vontade de ir no banheiro na hora do show? Esse é um dos meus maiores medos KKKKK

Claudinha Leitte se passa, não gostei nada de ela ver todo mundo se ferrando com a música do caranguejo e ainda dizer que quem não aguenta é pra sair. Quem pediu por isso?!

Katy Perry é diva, amo as músicas dela, mas realmente, a pobrezinha não consegue cantar e dançar ao mesmo tempo, desafinou feio. Mas o show foi lindo e super divertido mesmo, principalmente a parte que chamou o carinha sem camisa pro palco xD

Coldplay foi o melhor. Fim. Vou até assistir o vídeo, abri todos que você linkou, vamos ver se dá pra ver pelo menos a maioria kkkkk

Perdi tudo de Rihanna :( Mas só vi reclamações quanto as 2 horas de atraso do show dela o.o podemos culpar a Claudia Leitte?

2013 também quero ficar falida com o RiR, é nós que voa bruxão!

xx thanny

Luciana Mara disse...

Ei!

Só posso descrever o que li em uma palavra: inveja! (mas é branca, ok?!)

7 horas para chegar lá, enfrentar aquelas filas e aquele tantooooo de gente tinham que compensar, né?!

Eu não acredito que dormi antes do show do Coldplay começar (tava assistindo no Multishow). =/

O post ficou ótimo!

Bjins

Byzinha disse...
@@whosthanny Você sua tanto que nem dá vontade de ir ao banheiro. E se der e você for, já era lugarzinho sagrado que você levou eras para conquistar, então os fortes seguram.

Carol disse...

Eu acho que não concordo nem com metado do que vc falou aí hahahah mas sério, eu concordo tanto com oq vc falou do Capital e do Dinho, que nem ligo xD

Deve ter sido o máximo ir, só vi pela TV mesmo =/

Amanda disse...

Não assiste a nem um show do Rock in Rio na tv. Dormi. rs Não consegui ficar acordada, tinha até colocado meu celular pra despertar, mas despertou e dormi de novo. eeeee preguiça.
Adorei o post. Saber mais sobre o que rolou, que eu perdi. kk

Beijos,
Mandi *;
http://bookandcupcake.blogspot.com

Ceile disse...

Meeeeew Deus! Que inveja de vc! Fala sério, quem fica em casa falando: "Deus me livre ficar aí nessa multidão, nem dá pra ver nada" está na verdade com dor de cotovelo, né?

Juro, se pudesse ir, seria este dia que escolheria (claro, gostaria de ir em todos, mas vamos ser realistas, se eu pudesse seria em um só hauhauahuahu) - só pelo Coldplay ♥, seria O melhor, sem dúvidas...

Titãs e Paralamas cantando sucessos, sem comentários... As músicas s~çao meio antiguinhas, então rola um revival kkkkk

Morria de vontade de ver Katy Perry, mas uma pena que ela seja muito diva, mas não faça bem aquilo que dá o título à ela: cantar...

Sim, eu choraria muito ouvindo Thinking Of You, ainda mais com essa "declaração" que ela fez, pq, com certeza, eu fui uma das pessoas que ajudou esta música a ser uma das mais tocadas hauhauahuahuha Eu simplismente AMO♥ (e choro).

Não assisti o RiR nem em casa, mas vi alguns pedacinhos depois e chorei ao ouvir Milton Nascimento cantando Love Of My Life (sou brega, será?) - pq adoro esta música, mas o que mais emociona é lembrar do Freddy cantando para a multidão... O lance do telão teve todo um efeito emocional em mim...

Enfim, dá pra perceber que se eu fosse ficaria mais chorando do que tudo, né? Sou do tipo que chora quando vejo muitas pessoas gritando, aplaudindo, curtindo... Aquela energia, sabe?

Bjoos!

Ceile disse...

Ah, esqueci de comentar (postar né hauhauah) sobre a Cláudia... Manooooo! Já fui no show dela uma vez e tava bom assim... Não precisava levá-la para o RiR, ainda mais no melhor dia... Sério, pq não levaram a Ivete neste dia então? Já que era para "micaretazar" que fosse com originalidade, hein? O pior mesmo foi ela querendo fazer a Rihanna sexy, mas ficou parecendo que tava com a pomba-gira (maldosaaaaa)...

Agora acabou mesmo! kkkkk

Babi Lorentz disse...

Ai, Coldplay e Slipknot (L) pra mim foram os melhores. Assisti pelo Multishow, mas já ouvi meus pais falando bastante sobre o dia do Coldplay, já que eles me deixaram por conta da loja e foram pra lá - legal, né?
Em 2013, eu apareço!
Beijos

Deixe um comentário:

- Comentários ofensivos/preconceituosos serão deletados.
- Quer divulgar seu blog? Seja meu parceiro, entre em contato.
- Em breve retribuirei seu comentário.

Related Posts with Thumbnails